" Mister do Café: Um, dois, três - Diga lá outra vez

sábado, 8 de abril de 2017

Um, dois, três - Diga lá outra vez


O "um, dois,três" foi um dos programas mais importantes da história da televisão em Portugal. A estreia ocorreu em 1984 e entre cancelamentos e regressos, o programa teve 4 edições e na apresentação contou com três nomes sonantes: António Sala, Teresa Guilherme e Carlos Cruz.

Nos nossos dias, um outro Carlos recuperou parte do conceito, especialmente a parte do "Diga lá outra vez". A cartilha que todas as semanas produz para o Benfica - como ontem foi amplamente confirmado - merece um destaque especial neste espaço.

A Cartilha



Como podem verificar, foi dado grande destaque para que os representantes encarnados passassem a ideia de que tudo se tratava de "profissionalismo, organização e competencia de um Benfica moderno". Vejamos se a bota (Botilde) bate com a perdigota.


Um - Rui Gomes da Silva




Dois - Jaime Antures




Três - Ribeiro Cristóvão



Como podem verificar o "um, dois,três" está mais vivo do que nunca e por certo deixará Carlos Cruz orgulhoso do seu homónimo. Só fica a faltar sabermos quais são os prémios que os "concorrentes" desta nova versão do programa podem levar para casa. Será isto!? 


Agradecer a todos pelo apoio. Se ainda não seguem o Mister do Café nas redes sociais, podem começar já. 

Link do Facebook: (cliquem)
Link do Twitter: (cliquem)

12 comentários:

  1. Este Ribeiro Cristóvão é um verme!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Monte de estrume!!!Mais um serviçal dos lampiões!

      Eliminar
  2. A questão è muito simples. Se os clubes não podem ter funciários em programas de comentários, só temos de respeitar a lei e punir quer o clube quer os ditos comentadores.
    Caso contrário não temos comentadores mas porta-vozes do clube.

    ResponderEliminar
  3. Para além do assunto "cartilha" dos encarnados, há a realçar um outro grave problema: a imprensa desportiva está a matar a credibilidade jornalística.
    Se essa imprensa prefere seguir um guião emanado por um tal de Janela (quando questionado disse o mesmo que "patrão, não te preocupes porque não vou dizer o teu nome"), esquecendo-se de relatar factos (ou tentá-lo), quanto tempo é que acha que irá durar até perder toda a credibilidade? Sobreviver hoje à conta do mercado encarnado, quase exclusivamente, irá resultar tão bem como resultou na banca que apostou fortemente no crédito à habitação: num desastre.
    Poder-me-ão dizer que os encarnados são o clube do regime e que haverá sempre o poder político a salvá-los, mas isso não incluirá a desacreditada imprensa desportiva, cujos valores deontológicos foram há muito deitados fora.

    ResponderEliminar
  4. Há uma coisa que gostaria que os senhores jornaleiros perguntassem aos ilustríssimos defensores da cartilha: se se identificam com os insultos, afirmações difamatórias, mentiras, incentivos à mentira (está no texto da "cartilha inicial" do Janela", quer ao Sporting, quer a BdC, sendo que no caso do Presidente se entra na esfera da vida privada.
    Para mim, não é a cartilha, tout court, que está mal, é o que tem vindo a difundir em termos de ódio e incentivo à violência (verbal), à manipulação da opinião.

    ResponderEliminar
  5. O Ribeiro Cristóvão vendeu-se?!?!
    Não conheço clube tão ridículo como o Benfica

    ResponderEliminar
  6. O Rui Santos é que qualificou bem estes "artistas paineleiros: http://sicnoticias.sapo.pt/opiniao/2017-04-06-A-polemica-do-Caso-Cartilha-em-analise
    Competência ou incapacidade intelectual e fraca auto-estima?

    ResponderEliminar
  7. Este tipo de coisas tira toda a credibilidade do jornalismo português.
    O facto de haver cursos de jornalismo só pode ser piada.

    ResponderEliminar
  8. este fdp do porco janela merecia uns valentes murros nos cornos...

    ResponderEliminar
  9. Ainda estamos à espera de um jornalista que se lembre de trabalhar o tema da contradição entre o apelo de Vieira aos comentadores para não falarem de outros clubes e a cartilha do benfica com comenários a fazer sobre outros clubes. Até agora, nos jornais, é só lambe-cus do Vieira.

    JRamos

    ResponderEliminar
  10. Só não sei como o Ribeiro Cristovão conseguiu enganar acerca da sua "ligação" ao Sporting...
    Na verdade são muito mais perigosos os "inimigos dissimulados", do que aqueles que abertamente se sabe...com o que contar...
    "Isto de dar palmadinhas nas costas com uma mão e ao mesmo tempo.. espetar um facalhão na barriga ..."

    ResponderEliminar
  11. Eu pergunto-me...
    ... será o salario de alguns destes comentadores pago pelas estaçoes de TV? ou é pago pelo carnide?

    Não haverá aqui algum envolvimento das estações de TV, aliviando assim os seus custos na produção destes programas?

    ResponderEliminar