quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

ULTIMA HORA: FPF cria comissão técnica para estudar questão dos títulos nacionais


Segundo a agência Lusa, a FPF decidiu criar uma comissão técnica independente para estudar a categorização das competições internas, sendo que o resultado deste estudo será apresentado em Assembleia-Geral, que ratificará ou não as conclusões.

Finalmente a vergonhosa alteração efectuada pela "porta do cavalo" a mando do Benfica será devidamente analisada e apresentada em AG da FPF. Havendo uma equipa independente, a razão terá de ser obviamente dada ao Sporting que verá os seus 22 títulos de campeão nacional devidamente reconhecidos. 

Momento para recordar a capa do pasquim Abola e aguardar pacientemente pela capa de amanhã.



Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aqui)

Impunidade Total - O histórico das claques do Benfica em 2017


Estamos numa altura do ano em que existe a tendência para o apelo ao uso de palavras bonitas como solidariedade, amizade ou respeito. No futebol vivemos uma fase em que se propagandeia o tal "falemos de futebol" para evitar trazer à baila a pouca vergonha que são os crimes perpetrados nos emails do Benfica. Até dá jeito esta moleza do espírito natalício para tentar silenciar aqueles que lutam pela verdade. É contra esta hipocrisia que devemos todos lutar. Este tem de ser um momento de reflexão e mudança e não de palavras bonitas que não servem para nada. É altura de reflectirmos e agirmos de uma vez por todas. 

Para hoje quero-vos apresentar a minha reflexão sobre o que aconteceu este ano com as claques do Benfica. Os casos foram muitos e mais um adepto do Sporting foi assassinado de forma hedionda . 

Impunidade total



O tal clima de ódio


Meus senhores, clima de ódio é isto. São adeptos assassinados, são tochas enviadas para cima de famílias, são jogos interrompidos por actos de violência, são cânticos hediondos, etc. Um clima que é apoiado e financiado pela direcção do Benfica junto das suas claques ilegais. 

Este clima de total impunidade tem de acabar de uma forma definitiva e os benfiquistas têm de tomar acção contra a direcção do seu clube por financiar estes delinquentes. Como é que um sócio benfiquista "normal" que paga as suas quotas e os seus bilhetes e deslocações para acompanhar o clube pode aceitar que o seu clube ofereça bilhetes, transporte e combustível a esta gente? Onde estão os Benfiquistas?

E as mais altas instituições deste país, o que fazem? A presidência da República, governo, IPDJ, Federação Portuguesa de Futebol e Liga de clubes continuam a assobiar para o lado e em nenhum destes casos o Benfica foi punido devidamente. Por contraponto, o Braga foi recentemente castigado a um jogo à porta fechada devido a um cântico alegadamente racista que não há imagens e cujo único meio de prova é o relatório do árbitro.

Até quando durará esta impunidade total?

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aqui)

O pintainho piu


No início da época Luís Filipe Vieira escolheu Tiago Pinto para ser o novo homem forte do futebol encarnado, depois de ter sido assessor pessoal do Presidente com responsabilidades nas modalidades. Enquanto pequeno pintainho da estrutura esteve envolvido em alguns problemas disciplinares nas modalidades, mas desde que chegou ao futebol, tudo tem feito para passar de pito para galo no que às técnicas de intimidação e coação dizem respeito, senão vejamos:


Uma primeira iniciativa


Na 7ª jornada da Liga surgiu a primeira iniciativa de Tiago Pinto.

Link da notícia (aqui)
É muito interessante verificarmos que o Record para além da notícia da intervenção de Tiago Pinto, dá-nos logo a saber que estamos perante alguém que tem uma "postura normalmente calma e discreta no banco de suplentes". Ora digam lá que isto não é uma maravilha.

Vamos lá então ver a "postura normalmente calma e discreta no banco de suplentes" do artista.

A primeira expulsão



Na 8ª jornada da Liga Tiago Pinto mostrou a sua "postura normalmente calma e discreta no banco de suplentes" quando disse: "É penálti, caralho! São dois penáltis, caralho! O que está a fazer o vídeo-árbitro?"

Passados dois dias dos factos, o Conselho de Disciplina puniu o sujeito com um castigo de 10 dias e 303€ de multa. Curiosamente, o Benfica só voltou a disputar uma partida 11 dias depois de ter saído o castigo. Ora digam lá que o "pintainho" não tem a "sorte" necessária para passar a galo.


O pintainho piu



Como é possível verificar, foi o comportamento de Tiago Pinto que provocou toda a altercação junto do banco do Benfica no clássico do início do mês. O acto de pontapear a bola para longe quando Marega se preparava para recolher a bola para reatar rapidamente a partida é bem demonstrativo que este senhor não tem qualquer tipo de fair-play. Custa-me a perceber o que é que o sujeito estava a fazer de pé naquela zona, quando apenas uma pessoa pode estar de pé na zona técnica dos bancos.  Mas adiante. 

Cliquem para aumentar
Ora, os senhores do Conselho de Disciplina perante toda a altercação provocada por este senhor consideraram que o seu comportamento deveria ser apenas punido com uma multa de 230€ tendo ignorado o comportamento reincidente do sujeito. Aqui os 10 dias de suspensão já não dava jeito aplicar senão o homem falhava dois jogos.

Pintainho volta a piar


Em Vila do Conde, o pintainho voltou a piar bem alto. Vejamos:


Quero aqui destacar o sprint feito desde o banco de suplentes até à linha de meio campo. Um sprint que por certo deixou roído de inveja o Eliseu, um dos mestres do fair-play do plantel encarnado. Para além disso destaco a linguagem utilizada para o árbitro da partida. Claramente, Fábio Veríssimo fez por merecer outro tipo de elogio. No fundo a missa foi bem celebrada, faltou apenas qualidade nas rezas encarnadas. 

Agora é que eu quero ver o que é que o douto José Manuel Meirim e seus parceiros da secção não-profissional - os tais que tiveram direito a bilhetes VIP oferecidos pelo Benfica para o jogo com a Juventus - irão decidir. Talvez uma multa e a proibição de comer rabanadas na noite de consoada seja suficiente...

Para fechar


Tiago Pinto ainda agora chegou ao futebol e já tem um registo "criminal" muito interessante. Luís Gonçalves do FC Porto também tem estado envolvido em polémicas e castigos. Para fechar o leque de dirigentes máximos presentes no banco de suplentes dos grandes, fica o exemplo que tem sido dado por André Geraldes no Sporting. O jovem director do futebol leonino tem tido uma postura absolutamente exemplar que merece ser salientada pelos Sportinguistas, porque mais ninguém o fará. Enquanto uns ficam com a fama de terem uma "postura normalmente calma e discreta no banco de suplentes" outros ficam com o proveito. 

PS: O senhor José Eduardo Moniz em vez de andar a dizer que os dirigentes dos outros clubes andam a ladrar, podia aproveitar o facto de ter ficado com o leme do barco enquanto Vieira anda fugido na China, para pedir ao seu director do futebol para ladrar menos. Não se perdia nada. 

Podem seguir o blog nas redes sociais nos links seguintes:
Facebook: (aqui)  Twitter: (aqui)